quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Entrevista com Lê Almeida (ORUÃ - RJ)


ORUÃ no Mimpi Film Fest.
Como vocês sabem amamos música feita na tóra, nos quartinhos, em jams ao vivo, gravadas por pessoas de verdade que fazem da música sua transcendência: como autores-produtores de suas próprias obras. Esses registros emanam assinaturas texturais, sentimentais e temporais que só a criatividade de um Ulysses liberto pode transfigurar: frequências despojadas de classificação. Oruã tem um pouco e um muito disso tudo. Para começar janeiro com cracolagem apresentamos uma entrevista feita pelo nosso repórter extra-sensorial Magdiel Araújo com Lê Almeida e essa moçada do Rio de Janeiro aqui para o Recife Lo-Fi. Prepare o chá de fita e aproveite a viagem.       

Zeca Viana

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Entrevista com Jonatas Onofre (PE)


Por Madgiel Araujo

Esse mês desvendamos essa linda obra de arte chamada “Aparicíon” e entrevistamos um dos nomes mais interessantes dessas férteis pradarias musicais pernambucanas. Músico, compositor e poeta, Jonatas Onofre já participou de diversos grupos e possui uma bagagem considerável com três EPs, um single, dois álbuns, além da participação na nossa coletânea Recife Lo-Fi Volume V. Dê o play no bandcamp do Jonatas e acompanhe nossa entrevista!


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

NO AR 2017: Diversidade e alta qualidade marcam a melhor edição do festival.

Esse ano o Coquetel Molotov se superou em todos os aspectos (técnicos, estruturais, de grade e de produção) e entregou a melhor edição de sua história. Depois das dificuldades do ano passado, a equipe parece ter ouvido com bastante atenção todas as demandas do público e conseguiu entregar um festival de altíssimo padrão, e o melhor, com uma curadoria 100% assertiva para vários gostos, reunindo públicos diferentes em uma mesma voz: o respeito e a liberdade! Essa foi a marca dessa edição, a diversidade estava no ar!

Arnaldo Baptista no palco Velvet.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Entrevista com Mayara Pera (PE)

Mayara ao vivo no lançamento da coletânea Recife Lo-Fi Volume V na Mansão do Amor.

Por Madgiel Araujo

Você sabia que a quinta edição da coletânea já tá no ar? Clica aqui lá pra ouvir!
A festa de lançamento ocorreu dia 20 de maio na Mansão do Amor, um bar bem legal que fica no Recife Antigo. A noite contou com o talentoso Jonatas Onofre, o surpreendente DJ Giluke, a incrível Diablo Angel, e a ilustre Mayara Pera, uma moça super legal que nos concede essa entrevista!

Você pode conferir o som da Mayara pelo You Tube

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Entrevista com CALLS (EUA)

Foto: Andrew Zajic

Por Zeca Viana

Como um projeto Lo-Fi que é, esse blog (e achamos legal que continue sendo um blog) e essas entrevistas são feitas quando temos vontade, tempo, então, não existe uma regularidade muito grande. Nessas andanças pelos caminhos da música independente, participei como baixista de uma turnê pelos EUA e Canadá da banda paulistana Labirinto (que pode ser vista nesse documentário aqui). Nessa viagem tive a oportunidade de dividir o palco com My Gold Mask (banda que já entrevistamos aqui) e algumas vezes com a banda que o blog apresenta esse mês: CALLS. Além de me tornar amigo dos caras, sempre admirei a forma deles trabalharem e a seriedade em tirar o melhor que uma apresentação ao vivo pode proporcionar. Grandes músicos, esses caras conseguem fazer uma apresentação ao vivo se tornar uma experiência estética única. Recentemente lançaram o primeiro álbum "Refloating" (que não sai da minha playlist desde então) e gostaria de dividir essa linda viagem sonora com vocês. Essa é a primeira vez que a banda é divulgada no Brasil. Troquei uma ideia com o camarada Josh McKinley, e com exclusividade trazemos o CALLS aqui pelo nosso querido Recife Lo-fi. Deixem rolando o álbum "Refloating" e soltem os cintos.